Motos sem entrada

Nada pior do que estar precisando de uma moto, seja para trabalhar ou para lazer, e não ter condições para comprá-la a vista. Em muitos casos, para iniciar o financiamento e participar dos consórcios é preciso dar uma pequena entrada.

É muito difícil encontrar uma instituição financeira que oferece uma linha de crédito que cubra 100% do valor do veículo desejado. Mas há algumas ofertas oferecidas no mercado nesse sentimento. É preciso olhar para todos os lados e considerar todas as opções.

Na matéria de hoje nós um pouco sobre como funciona o financiamento de motos sem entrada, quais são as instituições financeiras que oferecem esse tipo de serviço e dicas para quem deseja comprar uma moto com zero de entrada.

Financiamento de Motos sem Entrada

O financiamento de motos sem entrada funciona da seguinte maneira: o valor que deveria ser dado como entrada pelo comprador é adicionado no valor das prestações. Dessa maneira, a longo prazo a moto acaba ficando mais cara, já que o valor das parcelas será aumentado levando em consideração o valor da entrada.

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil ofereciam uma linha de crédito que cobria até 100% do valor da moto desejada. No entanto, esses serviços não são mais oferecidos. E a maior cobertura oferecida, no entanto, continua sendo a do BB, com um valor que pode chegar a 90% do valor total.

No entanto, os interessados em comprar moto sem entrada deverão prestar atenção nas regras do financiamento, além de conferir o prazo pagamento. A quantidade de prestações influenciará diretamente na dívida total adquirida.

motos sem entrada

Quais bancos oferecem financiamento de motos sem entrada

Muitos bancos e instituições financeiras oferecem linhas de crédito para financiamentos de motos sem entrada, sejam elas usadas ou novas. Os interessados devem pesquisar bastante para saber quais são as instituições que oferecem as melhores condições e taxas.

Para ajudá-los, nós trouxemos uma tabela que mostra o valor de cobertura e os juros, tarifas e taxas que são cobradas pelos principais bancos do mercado brasileiro. Veja:

Banco Juros Financiamento Prazo de pagamento
Caixa 1,24% ao mês Até 80% do valor Até 05 anos
Banco do Brasil Não informado Até 100% do valor Até 03 anos
Bradesco 4,81% ao mês Até 90% do valor Até 03 anos
Porto Seguro Não informado Até 70% do valor Até 04 anos

Como fazer o financiamento de motos sem entrada

O financiamento de uma moto sem entrada pode ser feito diretamente pela instituição financeira ou por uma concessionária mais próxima de sua residência. É importante, no entanto, ter em mente o valor da moto que deseja comprar no momento em que você for na instituição financeira.

Ao chegar no banco e solicitar o serviço, será possível realizar uma simulação no mesmo momento. Essa simulação permitirá que você veja quais são as condições de financiamento da moto desejada. Olhe o contrato atentamente para visualizar as taxas e juros relacionados as parcelas.

Aproveite a oportunidade para tirar todas as suas dúvidas com o funcionário do banco ou da concessionária. Caso você tenha alguma pergunta para fazer, essa é a oportunidade. Questione sobre o financiamento de motos sem entrada e veja quais são as melhores condições que o banco tem a oferecer.

Motos com Zero de Entrada: Considerações Finais

Mesmo que você não tenha o dinheiro todo para comprar uma moto a vista, saiba que há alternativas no mercado bastante interessantes.

Entre elas estão as linhas de financiamento que são oferecidas pelos bancos. A Caixa Econômica Federal possui ótimos produtos nesse sentido, com taxas baixas e condições flexíveis para o pagamento das parcelas. Entre em contato com a instituição pela Central de Atendimento ou, então, vá até uma agência mais próxima para tirar todas as suas dúvidas.